Banner
 

Submissões Recentes

Item
Expandindo horizontes: a utilização da altmetria como aparato complementar à mensuração da produção intelectual no Brasil
(2023) Silva, Ana Carolina dos Santos; Valls, Valéria Martin; Valéria Martin
Considerando a imperatividade de ampliar a visão dos agentes participantes no processo de pesquisa e produção de conhecimento no Brasil, este estudo propõe a adoção de métricas alternativas de impacto para analisar a comunicação científica em redes colaborativas virtuais. Seu propósito é examinar a integração da altmetria como uma métrica complementar na mensuração da produção intelectual no cenário brasileiro, através da contextualização da mensuração da produção intelectual, compreensão das métricas alternativas de impacto e um levantamento da literatura científica para identificar os benefícios e limitações dessas métricas no processo sistemático de mensuração da pesquisa e produção de conhecimento no Brasil. Para tanto, optou-se por uma abordagem de base com um modelo exploratório, delineado com foco na Ciência da Informação, onde a metodologia abrangeu pesquisa bibliográfica, documental e a coleta de dados por meio de diversas fontes de pesquisa. Desse modo, enfatizou-se a importância de incorporar a altmetria nas metodologias de avaliação da produção intelectual, evidenciando a interconexão entre os agentes de mensuração da produção intelectual, a evolução dos estudos métricos informacionais e o surgimento da altmetria como uma métrica capaz de democratizar o acesso à ciência e torná-la mais inclusiva, o que permite concluir que a altmetria desempenha um papel de relevância na avaliação da influência, visibilidade e impacto social da pesquisa em âmbito regional e internacional, mas reconhecendo a necessidade de contextualização e inclusão criteriosa na aplicação da altmetria, sublinhando a importância de estudos futuros para investigar a presença da altmetria em políticas públicas no contexto brasileiro, contribuindo para o desenvolvimento de políticas científicas mais inclusivas e eficazes, alinhadas com as demandas contemporâneas da produção e disseminação do conhecimento científico.
Item
Políticas públicas de informação e inteligência coletiva: os desafios e as possibilidades para a democratização da informação
(2019-01) Franco, Angela Halen Claro; Carvalho, Angela Maria Grossi; Santos, Plácida Leopoldina Ventura Amorim da Costa
O paradigma social da informação apresenta desafios múltiplos para o tempo do conhecimento interativo da Ciência da Informação, principalmente no que diz respeito ao aproveitamento da inteligência coletiva nos ambientes digitais. Nesse contexto, a inteligência coletiva se manifesta como proposta que visa o aproveitamento das habilidades individuais em prol do desenvolvimento de um Espaço do saber. A dotação de infraestrutura tecnológicas e competências digitais para a inserção dos indivíduos nesse espaço requer a instauração de políticas públicas eficientes para a área da informação. Sendo assim, por meio da análise exploratória e descritiva, pretende-se aproximar as políticas de informação à inteligência coletiva. Observou-se que os ideais de democratização da informação são comuns aos dois campos, e que a definição de políticas públicas de informação consistentes é alternativa viável para a realização do Espaço do saber e, por conseguinte, para a valorização da inteligência coletiva
Item
Entre wiphalas, polleras e ponchos: embates entre discursos de CONAMAQ, do Estado plurinacional da Bolívia e do direito internacional
(2013-03-15) Freitas, Caroline Cotta de Mello; Montero, Paula; Universidade de São Paulo
Nesta tese analisamos a atuação dos movimentos sociais indígenas na Bolívia, e seus discursos sobre autonomia. Nosso foco é o CONAMAQ Consejo Nacional de Ayllus y Markas del Qullasuyu. Por entendermos que não existe enunciado sem posição, mapeamos os discursos que operam na esfera pública boliviana a fim de compreender qual a posição do CONAMAQ. Este mapeamento consistiu na análise também dos discursos da CSUTCB Central Sindical Única de Trabajadores Campesinos de Bolivia e do Estado Plurinacional de Bolívia. Descrevemos os discursos nacionalistas e indianistas bolivianos, em especial o katarismo, para analisar a constituição dos agentes, de seus posicionamentos e do modo como interagem. Nossa intenção foi definir o campo de relações, simultaneamente prático e discursivo, no qual se codificam os sistemas de diferenças que compõem o contexto em que circulam os agentes e seus discursos. Encontramos evidenciados no processo de construção do Estado Plurinacional na Bolívia, dois discursos com base nos quais se estabelecem posições discursivas, organizam-se movimentos sociais e criam-se agentes na esfera política pública: o camponês-indígena e o indígenaoriginário. Com base nisso, propomos analisar o encontro dos discursos sobre direitos do CONAMAQ, do Estado Plurinacional e da normativa do direito internacional sobre direitos dos povos indígenas, com ênfase no debate sobre o direito à autonomia. A fim de demonstrar que os contatos e encontros entre os níveis discursivos local (identificados como CONAMAQ e Estado plurinacional), e internacional (entendido como a normativa de direitos dos povos indígenas constituída por organismos internacionais), se interpenetram e apresentam diferentes pontos de contato, constituindo embates discursivos na esfera pública local e, também, na internacional/global.
Item
Política pública e poder: interesses associados entre políticos e empresas na governança da expansão do metrô de São Paulo
(2020-03-09) Pereira, Carolina Requena; Marques, Eduardo Cesar Leão; Universidade de São Paulo
A presente tese analisa evidencias empíricas da atuação coordenada entre empresas cartelizadas e políticos para extração de recursos da política pública da expansão do metrô de São Paulo. A pesquisa encontrou elementos de conjunção entre dinâmicas reportadas em separado em investigações realizadas por autoridades estatais, indicando a existência de um esquema único destinado a gerar e distribuir recursos para o financiamento político. O mecanismo para a geração dos recursos é a subida de preços de contratos de compras públicas graças à cartelização das empresas que têm o Estado como cliente na provisão de infraestrutura e materiais operacionais para metrôs. O mecanismo para a distribuição destes recursos é o pagamento de propinas a burocratas do Estado e políticos. O funcionamento deste esquema lesa não só a implementação da política pública, em função dos custos de coordenação dos atores envolvidos, como também a livre concorrência e a competição democrática.
Item
A Banda Municipal de Peruíbe e a Escola Municipal Livre de Música de Peruíbe: estudo da memória e da identidade na construção do patrimônio cultural
(2022-09-21) Torello, Adriana Domingues; Siqueira, Ivan Claudio Pereira; Universidade de São Paulo
A pesquisa analisa a memória e a identidade da Banda Municipal de Peruíbe e da Escola Municipal de Música de Peruíbe/SP, objetivando estudar a formação desse patrimônio cultural e a importância da sua integração com a sociedade. O estudo faz um levantamento histórico das singularidades físicas e sociais da cidade e descreve a paulatina institucionalização desses equipamentos culturais a partir da década de 1930. Trata-se de pesquisa qualitativa (Flick, 2009) que se utiliza do método de entrevista narrativa (Santos, Bertolin, Alcará, 2019) como uma das ferramentas de coleta de informação. Utilizando-se de abordagem interdisciplinar com elementos da Memória Social (Pollack, 1992; Coelho, 1997; Bosi, 1993; Santos, 2002), da Música (Zumthor, 2018; Schafer, 2011) e da Ciência da Informação, o estudo percorre conceitos de memória, identidade e patrimônio cultural conjuntamente com pressupostos da Ciência da Informação. Os resultados sugerem a importância da Banda e da Escola de Música para a vida pessoal dos entrevistados e para a cidade de Peruíbe, o que indica a relevância do conjunto de atividades e vivências históricas que perpassaram as distintas temporalidades que forjaram esse patrimônio cultural.

Desenvolvido por

Logo Acervos Digitais